Turismo e Relações Exteriores alinham cronograma de implantação de vistos eletrônicos

Australianos serão os primeiros beneficiados pela medida, ainda este mês. Ministro Marx Beltrão viaja para a Oceania este mês para divulgar a iniciativa

Até o final do mês, turistas da Austrália poderão emitir os vistos para entrada no Brasil de forma eletrônica. Os últimos detalhes da implantação que engloba, ainda, visitantes dos Estados Unidos, Canadá e Japão, foram pauta de uma reunião nesta quarta-feira (8) entre o ministro do Turismo, Marx Beltrão, e o ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes. De acordo com estudos da Organização Mundial de Turismo, a expectativa é que a medida aumente a entrada de estrangeiros no Brasil em até 25%, com impacto de R$ 1,4 bilhão na economia.

“Vamos nos reunir com o trade turístico da Austrália no próximo dia 17 para divulgar essa medida e ampliar a promoção do Brasil naquele país. Queremos atrair ainda mais australianos e acredito que com a redução da burocracia conseguiremos alcançar esse objetivo”, disse o ministro do Turismo. Com o novo sistema, a concessão do visto deverá sair em, no máximo, 72 horas após a solicitação ser feita pelo turista. O benefício também é válido para viagens de trabalho.

Ascom MTur

Em janeiro do próximo ano, o sistema eletrônico começa a valer também para turistas canadenses, americanos e japoneses. As datas já foram definidas para cada país: Canadá (08), Estados Unidos (15) e Japão (22). Antes os turistas desses países gastavam tempo e dinheiro para se deslocarem até os Visa Centers e consulados brasileiros de seus países para solicitarem os vistos de entrada no Brasil.

(Visited 9 times, 1 visits today)